Discipulado na igreja localSolidificando o processo de discipulado

Solidificando o processo de discipulado

1 minuto | Postado 1 ano atrás

trail-como-testemunhar-cristo

O primeiro ano de intencionalidade no processo discipulado numa igreja talvez não envolva mais do que 30 ou 40 pessoas.

Algumas pessoas precisam refazer o mesmo material mais de uma vez para entender bem os princípios do discipulado, enquanto outras vão confundi-lo com mais um programa que a igreja está lançando. No entanto, é preciso persistir.

O primeiro ano é fundamental para todo o futuro do processo. É importante que aqueles que participam dos primeiros grupos entendam profundamente a ácão de Deus em sua vida, o material e o funcionamento do processo. São essas pessoas que vão liderar o processo de discipulado no futuro, e se a base estiver comprometida, todo o prédio estará comprometido.

Se os princípios forem entendidos nos dois primeiros anos de funcionamento, provavelmente o processo todo resistirá a todas as dificuldades que surgirem no futuro:

 

Princípios do discipulado

  1. Relacionamento com Deus
  2. Relacionamento com as pessoas
  3. Transformação de vidas
  • Mais o SER do que FAZER
  • No processo do discipulado todo cristão passará por CRISES na fé. Crises é uma oportunidade para crescer e amadurecer.
  • SER e FAZER discípulos –  disposição em aprender mais, tendo crises e fazendo ajustes em sua vida. Discipuladndo amigos e alcançando-os para o Reino.
  • Morte do EU e REPRODUÇÃO
  • Ministério –  o discipulado deve conduzir a pessoa à descoberta de dons espirituais e seu lugar no corpo de Cristo.
  • Reino – não é apenas um programa passageiro ou um novo departamento, é a prática do estabelecimento do Reino.
  • Sacerdócio – todos os crentes devem ministrar.

Alex Palmeira

Salvo pela graça, servo de Jesus, em missão como embaixador do reino de Deus – atua como diretor do movimento PN5.

União Sul Brasileira da IASD


Discipulado na igreja localSolidificando o processo de discipulado