O discipulado dia a dia

2 minutos | Postado 11 meses atrás

060920_cr_2602

 

Existem alguns princípios do discipulado que precisam ser praticados sempre. Qualquer concessão que se fizer tornará o processo frágil e comprometido. Normalmente o início do processo de discipulado numa igreja é cheio de entusiasmo e euforia. No decorrer do tempo, as coisas tendem a se acomodar, e algumas pessoas querem continuar fazendo várias coisas e também o discipulado. É exatamente nesta hora que são necessários ajustes.

Não estamos falando de rigidez, mas de firmeza. É preciso que os líderes sejam firmes no cumprimento dos princípios bíblicos e práticos que regem o processo de discipulado. A estrutura do processo é dinâmica e pode mudar sempre que necessário, mas os princípios não.

Além dos princípios fundamentais para a implantação do processo, existem os princípios práticos para o funcionamento geral. Seja como discipulando, facilitados, orientador ou líder, cada um tem um papel que precisa ser baseado em princípios e não regras.

 

O facilitador

  1. O trabalho do facilitados ou auxiliar é um ministério ligado a algum ministério da igreja, como Escola Sabatina, Ministério Pessoal, etc.
  2. Todos os facilitadores e auxiliares devem ter primeiro usado o material que irão ministrar, tendo participado de um grupo. É isso que lhes garante autoridade para ministrar.
  3. A ácão do Espírito Santo na vida dos dissimulados e do grupo nunca pode ser perdida de vista. Esse não é apenas um processo de ensino e crescimento intelectual, mas de relacionamento com Deus e de avisamento espiritual.
  4. Os discipuladores devem dedicar um período diário  de oração ao grupo.
  5. O discipulador (Facilitador) deve ter um auxiliar. Os dois devem procurar encontrar fora da reunião do grupo para avaliar o crescimento de cada participante, o processo, e planejarem as reuniões.
  6. O auxiliar é alguémque está sendo preparado para se tornar um facilitador no futuro
  7. O discipulador é responsável pelas pessoas a que ministram, mesmo após o encerramento do grupo, até que elas estejam integradas a outros grupos e ministérios.
  8. Para ser um discipulador (facilitador), a pessoa precisa estar participando ativamente do grupo de discipuladores (se for professores da ES, da Classe dos Professores), etc

Alex Palmeira

Salvo pela graça, servo de Jesus, em missão como embaixador do reino de Deus - atua como diretor do movimento PN5.
União Sul Brasileira da IASD