O diretor da Escola Sabatina e a comissão de líderes da igreja

2 minutos | Postado 2 anos atrás

2

O papel do diretor da Escola Sabatina e Diretor do Ministério Pessoal é fazer valeu o item do Manual da igreja que diz que o primeiro item de uma comissão deve ser a vida missionária da igreja. Para isso, preste relatório do quadro comparativo (diretor da ES) e do Placar dos Amigos estudando a Bíblia (Diretor Ministério Pessoal)

O DIRETOR E A COMISSÃO DA IGREJA

  1. Devem trabalhar em harmonia com o pastor e o diretor do Ministério Pessoal da igreja a fim de que os planos de ação missionária da igreja sejam coordenados.
  2. Planejar com os diretores de divisão e com os professores as atividades missionárias para as classes.
  3. Planejar com os diretores de divisão e com os professores as atividades missionárias para as classes.
  4. Trabalhar junto com a diretora da Escola Cristã de Férias os programas de acompanhamento após a realização desse evento.
  5. Planejar e supervisionar as Atividades da Classe dos Amigos e Ciclo do Discipulado.
  6. Desenvolver um sistema de acompanhamento para os convidados e outros membros em potencial.

CONVERSAS CRUCIAIS COM A LIDERANÇA DA IGREJA

Estamos falando que a mobilização da igreja passa por esses pequenos ajuntamentos –  O diretor da Escola Sabatina tem um relacionamento intenso com esse líderes de pequenos ajuntamentos (unidade de ação, pgs, etc). Detalhes importantes nessa mobilização via unidades:

  1. Esforçar para entregar materiais missionários via unidades, particular, não no grande ajuntamento
  2. No pultpito nós promovemos, incentivamos, motivamos, desafiamos e lançamos os detalhes de mobilização para os pequenos ajuntamentos
  3. Desenvolver projetos aonde as unidades sejam a fonte de participação

Nesse processo de vivenciar uma igreja que cresce é necessário identificar momentos para conversas cruciais aonde o orgulho sejam deixados de lado para dar lugar a humildade, aonde a vida da igreja esteja em primazia. Por isso é importantes perceber áreas potencialmente problemáticas que precisam ser trabalhadas:

  1. Anciãos/Professores que perceptivelmente tem esforço insuficiente
  2. Anciãos/Professores que fazem reuniões da unidade com baixa participação = monólogo
  3. Anciãos/Professores que agem de maneira autoritária
  4. Nenhum esforço para mudanças na unidade
  5. Não tem auxiliar e nem espírito de multiplicação
  6. Não leva a sua unidade a crescer no envolvimento no CRM
  7. Tem problemas de relacionamento
  8. Não participa dos encontros de MCI, classe dos professores, treinamentos, workshops
  9. Não realiza os encontros relacionais fora do encontro do sábado de manhã
  10. Não realiza o pastoreio da unidade
  11. Não é comprometido com as demandas do cargo

Alex Palmeira

Salvo pela graça, servo de Jesus, em missão como embaixador do reino de Deus - atua como diretor do movimento PN5.
União Sul Brasileira da IASD