Ministério ganhador de almas

2 minutos | Postado 2 anos atrás

cópia-de-finalizada2-1024x675

 

Tanto os professores e diretores de nossas Escolas Sabatinas como os ministros no púlpito devem ser inteiramente consagrados, pois todos se empenham na obra de levar almas a Cristo. Cada um em seu lugar, deve trabalhar, como o fez Cristo, num espírito de amor para com os que erram, bem como para com os impenitentes. Eis o que Cristo deseja ver na obra da Escola Sabatina. … Os anjos, que no Céu vêem a face do Pai, guardam as crianças e jovens a quem, como agentes vivos de Deus, ensinais o caminho da salvação. Pensai nisto, diretores e professores; estais em presença dos anjos celestiais, realizando uma obra cujo caráter testificará de vossa fidelidade ou infidelidade para com Cristo. … – {CES 157.1}

 

Auxiliados pelo Espírito Santo 

Os diretores e professores de nossas Escolas Sabatinas devem ser convertidos, salvos de sua habitual insensibilidade. As preciosas lições da verdade não devem ser ensinadas de maneira fraca e sem vida; mas pela diária comunhão com o Senhor, pelo recebimento dos brilhantes raios do Sol da Justiça, acrescentar-se-á poder vivificante aos seus esforços para a conquista de almas para Cristo. Devem conservar a mente constantemente fixa em Cristo, para que os pensamentos e impulsos sejam de caráter espiritual e suas maneiras e métodos de ensino estejam sujeitos à direção do Espírito Santo, que, em Sua mais elevada manifestação aos homens, os habilita a desenvolver suas melhores energias, pois Deus neles opera o querer e o efetuar segundo a Sua boa vontade. – {CES 158.1}

“Sem Mim”, disse Cristo, “nada podeis fazer.” O obreiro não é deixado só. É-lhe dado o Espírito de Deus, para o querer e o efetuar a boa vontade de Deus, a fim de que não haja ocasião para a carne e suas concupiscências. Professores, segui a guia do Espírito. Ao ser o coração das crianças e jovens constrangido pelo Espírito Santo, convidai-os com ternura e amor, rogando-lhes que se entreguem a Deus. – {CES 158.2}

As crianças e jovens foram resgatados por Cristo; Ele os comprou por preço infinito. Jesus ama os pequeninos. Olha compassivamente para os jovens, pois sabe que Satanás os procurará atrair para o caminho largo, fazendo-lhes parecer sedutor; Jesus ordena aos anjos que tomem especial cuidado dessas almas inexperientes, não só no lar como na vida escolar e na Escola Sabatina. O Espírito luta continuamente com eles, procurando levá-los a Deus; e o coobreiro de Deus sentirá sua responsabilidade e trabalhará fervorosamente para conquistar almas para Cristo. — Testimonies on Sabbath School Work, 41-44. – {CES 158.3} – CES 153-158

 

Alex Palmeira

Salvo pela graça, servo de Jesus, em missão como embaixador do reino de Deus - atua como diretor do movimento PN5.
União Sul Brasileira da IASD