Instruções vitais para o diretor da Escola Sabatina

7 minutos | Postado 2 anos atrás

tumblr_inline_mltxz7TrmD1qz4rgp

 

A MISSÃO DA ESCOLA SABATINA

A missão da Escola Sabatina deve ser um sistema de instrução religiosa da igreja local que edifique a fé e a prática. A Escola Sabatina está fundamentada na igreja local, para edificar a fé, mediante o estudo das Escrituras e das doutrinas e ensinamentos da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Ela estabelece a prática por meio da aplicação dos princípios bíblicos e ensinamentos da Igreja Adventista do Sétimo Dia na vida de cada membro da Escola Sabatina.

Objetivos da Escola Sabatina

A Escola Sabatina possui quatro objetivos específicos:

  1. Estudo da Palavra
  2. Companheirismo
  3. Ação missionária na comunidade
  4. Ênfase da missão mundial

Estes quatro objetivos são a base para cada atividade da ES, em todas as divisões.

SISTEMA MUNDIAL DE PUBLICAÇÕES DA ESCOLA SABATINA

  1. Conselho Mundial da Escola Sabatina Conceitos organizacionais e operacionais gerais
  2. Comissão Administrativa da Associação Geral (Publicadora)
    Praxes e termos de referência
  3. Conselho de Publicações da Escola Sabatina Conselho Operativo
  4. Conselho Mundial de Currículo da Escola Sabatina Componente de desenvolvimento criativo
  5. Comissão de Avaliação dos Manuscritos Avaliação dos Manuscritos Oficiais da Escola Sabatina

O Manual da Igreja Adventista do Sétimo Dia especifica vários deveres dos oficiais da Escola Sabatina. Seguem alguns regulamentos básicos:

“Os dirigentes da Escola Sabatina devem ser membros da igreja local. São eleitos por um ano. Os oficiais que atuam como membros da Comissão da Escola Sabatina são eleitos do mesmo modo e na mesma ocasião dos oficias da igreja. A lista de dirigentes da Escola Sabatina e seus auxiliares a serem eleitos pela igreja é a seguinte: o diretor com um ou mais vice- diretores; o secretário, com um ou mais vice-secretários; um diretor para cada uma das divisões, incluindo a dos adultos e a de extensão; um diretor da Escola Cristã de Férias e um secretário do Fundo de Inversão” (p. 117).

A COMISSÃO DA ESCOLA SABATINA

“A Comissão da Escola Sabatina é o corpo administrativo desta última. Compõe-se do diretor (que atua como presidente), dos vice-diretores, do secretário (que atua como secretário da comissão), dos vice-secretários, dos diretores das divisões, do secretário do Fundo de Inversão, do diretor da Escola Cristã de Férias, de um ancião (designado pela Comissão da Igreja ou pela comissão de anciãos) e do pastor (ex-ofício). Quanto antes possível, após a eleição dos oficiais, o diretor deve convocar uma reunião da Comissão da Escola Sabatina para nomear, conforme seja necessário para as várias divisões, outros oficiais que não fazem parte da Comissão da Escola Sabatina. Estes podem abranger os vice-diretores das divisões, os secretários das divisões, os diretores de música, os pianistas e/ou organistas, e os recepcionistas” (p. 117-118).

PROFESSORES DA ESCOLA SABATINA

Além desses oficiais relacionados no parágrafo anterior, a Comissão da Escola Sabatina nomeia os professores de todas as divisões. Qualquer vaga nesses cargos que ocorrer durante o ano será preenchida pela referida comissão. Como uma alternativa, os professores de todas as divisões podem ser eleitos pela igreja junto com os seus oficiais. Onde essa prática é seguida, deve-se estudar cuidadosamente as necessidades de todos os grupos. É aconselhável consultar os diretores das divisões em particular, para escolher os professores das crianças. Os Professores eleitos pela Comissão da Escola Sabatina ou pela igreja, trabalharão por um ano eclesiástico.

A comissão da Escola Sabatina é responsável pelo bom funcionamento de toda a Escola Sabatina através da liderança de seu diretor, o superintendente. A Comissão reunir-se-á, pelo menos, uma vez por mês.

Reconhecendo a importância da manutenção da integridade das verdades a serem ensinadas, deve-se ter muito cuidado na escolha dos professores da Escola Sabatina. O tempo destinado à lição deve ser aproximadamente o mesmo que o pastor tem no púlpito. “Todos os professores deverão ser membros regulares da igreja e estar à disposição da Comissão da Escola Sabatina e da Comissão da Igreja” (p.118).

MEMBROS DA ESCOLA SABATINA

Os membros da ES incluem os membros de todas as classes, em todas as divisões. Os diretores da ES, os diretores de divisões, os professores e outros membros do staff devem ser incluídos nos registros da ES. Toda pessoa que assim o desejar poderá tornar-se membro da ES. Não é necessário que a pessoa seja batizada ou que tenha sido transferida formalmente. Não são requeridos um período ou solicitação formal. O professor simplesmente acrescenta o nome da pessoa no cartão de chamada da ES. A exclusão de nome do rol de membros ou sua transferência para outras classes é feita pelo secretário da ES, mediante autorização da Comissão da Escola Sabatina.

NOMEAÇÃO DOS OFICIAIS DA ESCOLA SABATINA

Os oficiais da ES devem ser membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia em situação regular. Há três formas para se escolher os oficiais da Escola Sabatina:

Eleição pela Igreja

Os oficiais da ES, membros da Comissão da Escola Sabatina são eleitos pela igreja juntamente com os oficiais de outros departamentos da igreja. Eles podem ser eleitos por um ou dois períodos, com vistas a assegurar o fortalecimento e continuidade. Eles podem também ser eleitos por períodos curtos, de acordo com as necessidades da igreja local. Os oficiais são:

  1. Diretor geral
  2. Vice-diretor (quando necessário)
  3. Secretário da Escola Sabatina
  4. Vice-secretários
  5. Diretores de Divisão
  6. Secretário do Fundo de Inversão

Nomeação pela Comissão da Igreja

Entre as eleições anuais, quaisquer vagas que ocorram na lista acima, poderão ser preenchidas pela Comissão da Igreja, desde que se consultem os oficiais da Escola Sabatina.

Nomeação pela Comissão da Escola Sabatina

Os cargos preenchidos por nomeação da Comissão da ES são os seguintes:

  1. Vice-diretores de divisão
  2. Secretários de divisão
  3. Diretores de música
  4. Pianistas/organista
  5. Professores
  6. Recepcionistas

A lista acima deve ser compreendida como diretrizes para a comissão de nomeações e para a Comissão da Escola Sabatina. As igrejas pequenas podem indicar menos pessoas e as maiores, indicar mais pessoas.

ESCOLA DOS PROFESSORES

Os professores para todas as divisões são escolhidos pela Comissão da Escola Sabatina. Os diretores de divisões devem estar presentes durante o processo de seleção. A lista de professores deve ser aprovada pela Comissão da Igreja. (Ver Manual da Igreja, p. 118, 119).

COMISSÃO DA ESCOLA SABATINA Os membros da Comissão da Escola Sabatina são:

  1. Diretor Geral (presidente)
  2. Vice-diretor
  3. Secretário da Escola Sabatina
  4. Vice-secretários
  5. Diretores de divisão
  6. Secretário do Fundo de Inversão
  7. Diretor do Ministério Pessoal
  8. Ancião votado pela Comissão da Igreja
  9. Pastor da Igreja

Alex Palmeira

Salvo pela graça, servo de Jesus, em missão como embaixador do reino de Deus - atua como diretor do movimento PN5.
União Sul Brasileira da IASD