Habilidade pessoal versus Poder de Deus

2 minutos | Postado 1 ano atrás

tumblr_nyt44xAPeD1rvtaqpo1_1280

 

O Plantio de igrejas não deve ser definido em termos de treinamento e habilidade mas sim pelo poder e desejo de Deus em salvar vidas. Apesar de haver grande necessidade de treinamento de obreiros e utilização de suas habilidades nós não devemos esperar o cumprimento da missão por meio de estratégias cuidadosamente desenhadas e recursos humanos bem preparados, apenas.

Nada, a não ser Deus, Seu poder e ação, poderá habilitar espiritualmente a Igreja a fim de concluir os planos do Senhor no mundo (Ef. 2:1-10). Plantio de igrejas não é meramente um assunto de marketing, metodologia ou estratégia. É um assunto espiritual, definido pelo poder de Deus, liberado através do único e inimitável sacrifício de Cristo e implementado pela ação do Espírito Santo (João 14:15-18) que guia Sua Igreja a orar, crer e trabalhar.

Anderson expõe o plantio de igrejas como um alvo baseado em quatro áreas: a) a conversão dos perdidos; b) sua organização em igrejas locais; c) promoção e treinamento de líderes em cada comunidade; d) fomentação de independência espiritual e organizacional em cada comunidade.

Sendo, ao mesmo tempo, uma entidade humana e espiritual, a Igreja necessita compreender sua identidade bíblica para que possa servir ao Senhor. Portanto, dentre inúmeros pontos teológicos, creio ser importante ensinar que:

  1. A Igreja é a comunidade dos redimidos, foi originada por Deus e pertence a Deus (1 Co. 1:1-2);
  2. A Igreja não é uma sociedade alienante. Aqueles que foram redimidos por Cristo continuam sendo homens e mulheres, pais e filhos, fazendeiros e comerciantes que respiram e levam o evangelho onde estão (1 Co 6:12-20);
  3. A Igreja é uma comunidade sem fronteiras, portanto fatalmente missionária (Rm 15: 18-19);
  4. A vida da Igreja, acompanhada das Escrituras, é um grande testemunho para o mundo perdido. É necessário, portanto, que preguemos um evangelho que faça sentido tanto dentro como fora do templo (Jo 14:26; 16:13-15);
  5. A missão maior da Igreja é glorificar a Deus (1 Co. 6:20; Rm 16:25-27).

Alex Palmeira

Salvo pela graça, servo de Jesus, em missão como embaixador do reino de Deus – atua como diretor do movimento PN5.

União Sul Brasileira da IASD