Discipulado na igreja localEstrutura e currículo do plano de ensino

Estrutura e currículo do plano de ensino

2 minutos | Postado 1 ano atrás

1-3-2

 

  1. Divida o processo de discipulado em cursos graduais, e cada curso em módulos
  2. Organize os módulos de tal forma que o processo de discipulado esteja integrado, formando assim um único currículo gradual
  3. Estabeleça uma escalada crescente para a formação espiritual do cristão
  4.  O currículo deve abranger a todos
  5. Estabeleça o tempo de duração para os módulos e cursos
  6. Estabeleça os horários e dias dos cursos –  tudo depende da disponibilidade das pessoas e dos orientadores. (aconselhamos que utilize a Escola Sabatina nessa processo)
  7. Não tente colocar todos os alunos da ES no processo de uma vez. Não adinta colocar uma camisa de força nos membros
  8. O processo pode ser iniciado numa Classe na Escola Sabatina, num PG, numa classe extra ou até mesmo individual
  9. É aconselhável que os adolescentes tenham uma classe, pg, pra eles… As demais pessoas estarão livres para participar de grupos independentes da faixa etária
  10. No processo de discipulado é importante utilizar materiais didáticos e de estudo em todos os módulos ( O material é o roteiro para dar direção ao processo, que não deve ser usado como “gesso”. Na sua maioria os materiais são para estudo diário, tendo cinco estudos para sete dias. A pessoa terá que dedicar em média 25 a 35 minutos por dia para uma assimilação e vivência. Fazendo isso durante cinco dias da semana, o sexto dia é normalmente recomendado para revisão e o sétimo para a reunião do grupo ou do discipulador. A grande vantagem dos materiais de estudo diário é que ajudam a pessoa a criar disciplina
  11. A duração média dos módulos pode ser de 2 a 3 meses, com um encontro semanal de uma hora e meia a duas horas. Pode-se delimitar os módulos em meses específicos. (tipo: Módulo 1 –  Maio e Junho, etc)
  12. Tomar o cuidado de não formar grupos muito grandes
  13. O envolvimento das pessoas no processo de discipulado e ensino bíblico acontece a partir de uma escalada de amadurecimento espiritual
  14. Os facilitadores, professores devem participar de um grupo líderes, classe dos professores, aonde serão ministrados pelo pastor ou outro orientador. Esse encontro pode ser quinzenal, mensal, etc –  é necessário treinamento, orientação e desenvolvimento na liderança
  15. A cada trimestre é importante ter um retiro com os líderes para avaliação e reciclagem

Alex Palmeira

Salvo pela graça, servo de Jesus, em missão como embaixador do reino de Deus – atua como diretor do movimento PN5.

União Sul Brasileira da IASD


Discipulado na igreja localEstrutura e currículo do plano de ensino