Como preencher o cartão de registro da Escola Sabatina corretamente

3 minutos | Postado 2 anos atrás

dentro

Uma pergunta simples – Como você mede o nível de maturidade espiritual da sua igreja? Normalmente, as únicas perguntas que sabemos fazer é – Quantos foram batizados? Quantos são dizimistas, ofertantes? Quantos participam dos cultos? Quantos tem cargos? Quantos participam de um PG? Precisamos ir além, pois, quando se trata de crescimento espiritual, precisamos medir o ENVOLVIMENTO NO REINO, precisamos vislumbrar as atitudes, pensamentos e sentimentos do povo. Queremos saber o que conduz a níveis mais profundos! O modelo de envolvimento consciente nas práticas espirituais de Comunhão diária, Relacionamento koinônico (amor mútuo) interno na igreja e externo na comunidade e de Missão intencional aos vizinhos, amigos do trabalho, parentes não adventistas, afastados da fé, amigos da escola e do lazer, são práticas que conduzem ao crescimento espiritual de cada membro da igreja.

Por isso, medimos envolvimento de pessoas e não número de atividades realizadas.

INSTRUA OS PROFESSORES

  1. Quando anotar os dados das 5 perguntas do cartão de chamada, relate número de pessoas e não o número de ações, atividades.
  2. Conte quantas pessoas relataram em cada pergunta e coloque a soma no cartão, no espaço de cada pergunta. Isso significa que você perguntará quantos relataram 5 vezes, por que só temos 5 perguntas!
  3. NãO DEIXE QUE NENHUMA UNIDADE FIQUE SEM PREENCHER O CARTãO MAIS QUE UMA SEMANA! Olhe semanalmente o preenchimento do cartão, pois depende dele a avaliação do crescimento espiritual da igreja. ISSO É TAREFA DA EQUIPE DA DIRETORIA DA ESCOLA SABATINA!
  4. Para ter uma classe alinhada com a visão CADA UM SALVANDO UM, é necessário perguntar na unidade semanalmente: 1) Quem precisa ser visitado essa semana; 2) Aonde vai ser o nosso encontro fora do sábado de manhã – PG; 3) O que cada um está pensando em fazer essa semana para alcançar o seu amigo(a) para Jesus?

Esse é um momento para testemunho rápido, feedback e planejamento de ações da unidade!

  1. Crie a consciência do pastoreio na unidade através da visitação sistemática – Pergunte a unidade: Quem precisa ser visitado essa semana (aluno ausente, afastado da fé, amigo da igreja, etc.). Pergunte: Quem pode visitar comigo, quem consegue visitar essa pessoa e trazê- lo no próximo sábado. Na semana seguinte testemunhe!
  2. Crie a consciência da vida em comunidade – Pergunte: Queremos fazer uma pizzada na semana que vem na minha casa, quem pode estar? Na outra semana pode ser na casa de quem? E na outra?(pode ser semanal ou quinzenal)
  3. Crie a consciência missional nos alunos – Pergunte: Quantos já sabem quem é a sua família ampliada (amigos do trabalho, lazer, escola, vizinhos, afastados da fé, parentes não convertidos)? Quantos já fazem o Plano 777 com eles? Quem dessas pessoas você vai ter uma atitude missional essa semana?


A participação da unidade no processo de visitação, encontros sociais e atividades missionárias irá aquecer a unidade espiritualmente e dará um senso de comunidade profundo.

Alex Palmeira

Salvo pela graça, servo de Jesus, em missão como embaixador do reino de Deus - atua como diretor do movimento PN5.
União Sul Brasileira da IASD